Marcadores

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Primeiro Aniversario da ICB do B. Anchieta

Aconteceu nos dias 25 e 26 de Dezembro do ano em curso as festividades relativas ao primeiro aniversário da ICB do Bairro Anchieta, com o tema  " ...Eis que coloco na sua frente uma porta aberta que ninguém pode fechar..." foi baseado em Ap.3.8. O evento foi marcado pelo intenso mover do Espírito - muito louvor, palavras inspiradas e orações fervorosas -  todos os presentes tiveram as suas vidas espirituais renovadas, várias pessoas, na ocasião, confessaram Jesus como Senhor e Salvador de suas vidas, foi uma colheita farta. Além de comemorarmos o primeiro aniversário da igreja,  foi feito o lançamento da Pedra Fundamental - evento marcante - do Templo  que será edificado no bairro Anchieta. Contamos com a presença maciça dos membros da ICB do bairro Anchieta além da presença dos irmãos das demais Casas da Bênção da região e também de outros ministérios. Podemos contar com a presença de vários líderes, tais como, o Superintendente Regional da ICB em Barra do Garças,  Missionário Antônio Soares e sua esposa Missionária Geny; Pastor Romarito Conceição e Evangelista Rocimar,  ICB do Alto Horizonte; Pastor Rosivaldo e Pra Vanuza, ICB do Bairro São José; Pr Lindomar, ICB Aragarças; Pr Rildo Menezes e Elzimar, Assembléia de Deus - Bairro União;Pastor Sebastião Araújo, Igreja Voz da Bíblia, dentre outros. A festa foi abençoada e bastante animada, os irmãos da ICB Anchieta também realizaram uma brincadeira de amigo oculto no sábado a noite - foi muito divertida. A  alimentação merece um capitulo a parte, o Pr Lindomar se revelou como um excelente chefe de cozinha que apresentou o seu cardápio predileto: " Baião de Três" - uma delícia! A Empresa Friboi colaborou para o evento com o empréstimo de uma "Suqueira Industrial" foi suco que não acabava mais! Deu trabalho pra esvaziar a máquina, muita fartura e provisão de Jeová!
A Igreja lotou!


Cantata de Natal com as crianças

Pr  Guimarães pregando









Miss. Antônio e Missª Geny

Pr Rildo Menezes

Pr Lindomar

Suqueira  Industrial

Pr Romarito

Pr Rosivaldo



ato profético




































Pra Sandra ministrando


O bolo de aniversário da igreja


A Glória desceu!

domingo, 26 de dezembro de 2010

Rick e Renner anunciam fim da dupla. Renner se tornará cantor Gospel



A dupla sertaneja Rick e Renner anunciou sua separação na última terça-feira (14), através de uma nota divulgada pela gravadora Warner Music Brasil.
O comunicado oficial ressalta que os dois continuam amigos e que o fim da parceria de quase 25 anos se deve a motivos profissionais. Rick irá seguir carreira solo e Renner pretende se dedicar a um projeto gospel, que contará com a participação do ex-colega de palco.
A dupla cumprirá sua agenda de shows até o dia 1º de janeiro de 2011. A última apresentação será na cidade Gaspar, em Santa Catarina.
Fonte: O DIA GOSPEL

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

NATAL - UMA DATA PARA SER CELEBRADA!



Existe hoje uma grande polêmica no seio da comunidade cristã sobre se deve ou não comemorar o natal. Aqueles que são contra a comemoração do natal, dentre outros argumentos,  entendem que seria errado comemorar o natal, alegando que o natal tem origem pagã, pois remonta aos tempos do império romano onde seguidores de uma seita dedicavam o dia 25 de Dezembro para festividades ao Sol invicto, os seguidores deste ídolo eram chamados de Mitra. Outro argumento utilizado é o de que não há registros históricos sobre a data precisa do nascimento de Jesus, sendo o dia 25 uma mera convenção humana e, ainda, que igreja primitiva não comemorava o nascimento de Jesus etc.
A despeito das opiniões contrárias, algumas até bem fundamentas sob o ponto de vista histórico, todavia,  filio-me àqueles que entendem  que o natal deve ser comemorado pelos cristãos, pois Jesus é o nosso verdadeiro Sol da Justiça, digno de ser lembrado e celebrado, vejamos:
 Mal.4v. 2 "Mas vós, os que temeis o meu nome, nascerá o Sol da Justiça, e cura trará nas suas asas; e saireis e saltareis como bezerro da estrebaria."
Acredito veemente que o verdadeiro Sol da Justiça brilha sobre nós. Isto é um fato que os Cristãos deveriam refletir, o verdadeiro Sol da Justiça assumindo o lugar de qualquer outro impostor. O fato então do natal ser comemorado no dia 25 de dezembro na verdade é um sinal de triunfo do bem sobre o mal, da luz sobre as trevas, é o nome de Jesus sendo glorificado. È uma feliz coincidência, deveríamos nos alegrar por isto.
Entendo que o maior interessado em não se celebrar o nascimento de Jesus é o próprio satanás, pois a Bíblia fala que uma das características do anticristo é negar que o Senhor Jesus veio em carne, justamente isto que se declara no natal o nascimento físico (em carne) do Senhor Jesus. Satanás se levanta contra tudo aquilo que glorifica a Deus, especificamente no que tange ao natal,  procura incutir na mente das pessoas até mesmo bem intencionadas que não é correto comemorá-lo, e mesmo, quando os Cristãos comemoram o natal, podemos ver as artimanhas do inimigo no sentido de procurar desvirtuar o verdadeiro sentido do natal levando as pessoas a verem no natal uma festa de meras comilanças e consumismo, onde o nome de Jesus pouco é lembrado. Ou ainda levanta uma personagem que tira o foco da pessoa de Jesus, como o tão festejado “papai Noel”, infelizmente satanás tem conseguido fazer com que muitos dêem mais ênfase ao lendário velhinho de barbas e cabelos brancos do que mesmo ao Senhor Jesus Cristo.
Ora se os próprios anjos de Deus celebraram o seu nascimento, juntamente com os pastores de Belém e reis magos, que viajaram longas distâncias para celebrar o advento do Messias O honrando com presentes valiosos, porque não deveríamos honrar uma data tão significativa, onde simplismente comemora o nascimento daquele que dividiu a história em duas etapas, antes e depois Dele, ou seja, após o seu advento o mundo nunca mais foi o mesmo e nem o será.
Quanto ao fato de não haver registro acerca da comemoração do natal pela igeja primitiva por si só também não invalida o natal, pois muitas práticas da igreja primitiva, além do natal, também não são praticadas hoje, como, por exemplo, a divisão de bens, alimentação em comunidade etc, ou seja, algumas práticas caíram em desuso outras foram assimiladas, como é o caso do natal.
Entendo ainda que o simples fato de não haver registros sobre a data precisa do nascimento de Jesus não tem o condão de anular o sentido do natal, uma vez que o que importa é a intenção, a disposição interior em honrar ao Senhor, a data é um detalhe racionalista, sem a menor importância.
Então, FELIZ NATAL A TODOS!

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Celebração de Casamento



Aconteceu na nossa Igreja Casa da Bênção do Bairro Anchieta no último sábado(18/12), o primeiro casamento celebrado no Templo da nossa igreja local, tendo como nubentes Hamilton e Maria, ambos membros da igreja, a bênção matrimonial foi ministrada pelo Pastor Antônio Marcos Guimarães. O evento foi bastante concorrido, contou com a presença dos familiares dos noivos, amigos e irmãos da igreja. Veja as fotos:















sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Papai Noel dos gays

O velhinho de barba branca da ficção dá presentes inofensivos e inocentes para crianças. O barbudo do PT garante distribuição de kits gays para crianças.
Alunos de 7,8 e 9 anos estarão recebendo DVDs "escolares" com histórias de "amor" homossexual. Numa das histórias, conforme denúncia do Dep. Jair Bolsonaro, "um garoto de mais ou menos 14 anos, de nome Ricardo, vai ao banheiro fazer pipi, olha para o lado, vê um coleguinha dele fazendo pipi também e se apaixona por esse colega". A denúncia completa está aqui:www.youtube.com/watch?v=ONfPCxKdGT4
O kit gay faz parte da campanha estatal "Escola Sem Homofobia", imposta pela SEDH da Presidência da República. A febre governamental de promover a agenda gay a pretexto de combater a "homofobia" está tirando das crianças sua proteção contra uma promoção descarada do homossexualismo e está tirando dos pais o direito e autoridade de proteger seus filhos, sob a ameaça de rotulá-los como "homofóbicos".

Com tal ameaça, o que uma mãe ou pai ouvirão amanhã dos agentes estatais, inclusive professores de escola pública? "Se você não aceitar a doutrinação homossexual de seu filho, vou denunciar você como homofóbica!" "Se você não entregar seu filho para mim, vou processá-lo como homofóbico!"

É verdade que, com a aprovação do PLC 122, os grupos homossexuais de pressão política esperavam esses "avanços". O site da ABGLT, até a data de 13 de dezembro de 2010, estava em plena campanha pelo PLC 122. Sua aprovação, que estava manobrada para ocorrer em 8 e 9 de dezembro, não se concretizou por causa de inúmeras denúncias.

Entretanto, a manobra também tinha um plano de ação paralela. Enquanto os grupos pró-família estavam se concentrando contra o PLC 122, Lula e seu governo estavam dando canetadas. Vejamos o histórico de presentes que o movimento homossexual recebeu do governo, com a cortesia e generosidade dos trabalhadores brasileiros que pagam impostos:
Em novembro de 2010, o Senado aprovou mais de 300 milhões de reais para a "prevenção e combate à homofobia". Será uma chuvarada de kits gays para crianças e adultos de todas as idades! O pedido dessa verba foi feito diretamente pela presidência da República, a qual por sua vez atendeu pedido da Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (ABGLT).
Em 9 de dezembro de 2010 o presidente Lula criou, por meio de decreto presidencial, o Conselho Nacional de Combate à Discriminação (CNCD), também chamado de "Conselho Nacional LBGT". Um de seus membros é Luiz Mott, líder máximo do movimento homossexual, que há anos vem sendoacusado de defender a pedofilia. O CNCD, que foi criado a pedido da ABGLT, está ligado diretamente à Secretaria Especial dos Direitos Humanos (SEDH), órgão da Presidência da República responsável pelo programa "Brasil Sem Homofobia".
Em 8 de dezembro de 2010 foi anunciada a nova ministra da SEDH, Maria do Rosário (PT-RS), que ficou famosa por seu projeto de lei que tira dos pais a autoridade de disciplinar os filhos. Uma das ações principais do CNCD, sob a autoridade da SEDH, será fiscalizar e fortalecer a implementação e expansão do programa federal "Brasil Sem Homofobia", que visa remover da população todo sentimento e opinião contrária ao homossexualismo, como resposta radical e decisiva às pesquisas que indicamque 99% da população brasileira de uma forma ou de outra rejeitam esse comportamento.
Em 9 de dezembro de 2010, através da Portaria 513, o Ministério Previdência Social garantiu a concessão de pensão e outros privilégios para duplas gays vivendo como se fossem homem e mulher legalmente casados. De acordo com Luiz Mott, essa medida do INSS "reconhece o casal homossexual", deixando as duplas gays a pouquíssimos passos de uma equiparação total ao casamento legal normal entre um homem e uma mulher. O INSS agiu a pedido da ABGLT.
E hoje, 13 de dezembro, Toni Reis estará recebendo da Secretaria Especial dos Direitos Humanos da Presidência da República o "Prêmio Direitos Humanos", por recomendação direta do ministro Paulo Vannuchi, defensor radical do PNDH-3 e das guerrilhas comunistas do passado do Brasil. Toni Reis, que é presidente da ABGLT, estará recebendo sua condecoração na presença do presidente Lula no Palácio do Planalto.
O PNDH-3, que intitulei Presente das Trevas em meu artigo sobre o assunto, foi uma manobra rasteira e inesperada, lançada bem na época do Natal, não muito diferente dos outros presentes que o governo Lula acabou de dar, a pedido da ABGLT.

Lula teria coragem e honestidade de dar todos esses presentes logo antes de uma eleição presidencial? Como os eleitores reagiriam nas urnas, vendo Lula dar tanto com o dinheiro do bolso deles?
Só dois pedidos da ABGLT ainda não foram atendidos:
1. A aprovação do PLC 122.
2. A criminalização do Blog Julio Severo. Em novembro de 2007, Toni Reis, em nome da ABGLT, solicitou ao Ministério Público Federal medidas criminais contra o Blog Julio Severo e seu dono.
Enquanto aguarda atendimento, a ABGLT conta com o enorme poderio da máquina estatal. A nova ministra da SEDH, Maria do Rosário, de acordo com reportagem do site homossexual A Capa, "reforçou que irá trabalhar com 'empenho' pelos direitos das 'crianças e adolescentes... e pela livre orientação sexual'". Assim, o kit gay para crianças de 7, 8 e 9 anos estará garantido. Tudo por amor à "livre orientação sexual". Disciplina física para as crianças? Rosário responde com um sonoro JAMAIS! Doutrinação homossexual para as crianças na escola? Aí a resposta é: OBRIGATÓRIO! Essa é a ideologia dela, que exige menos autoridade dos pais na vida dos próprios filhos e mais autoridade e intervenção do governo e ativistas gays na vida deles.
O programa "Brasil Sem Homofobia" impõe, em dimensões apocalípticas, a interferência pró-homossexualismo direta do Estado na sociedade, a pretexto de combater crimes violentos, forjados ou não, de "homofobia" - mas sempre acobertando meticulosamente a homossexualidade de autores de crimes violentos, especialmente em casos de abuso sexual de meninos. O Grupo Gay da Bahia, fundado por Luiz Mott, alega que pouco mais de uma centena de homossexuais é assassinada por ano. Mas não dá para dizer que a estatística de criminosos gays é assim igualmente pequeno, pois o número de crianças do sexo masculino estupradas e até mortas por ano é consideravelmente volumoso. Só como exemplo, meu livro O Movimento Homossexual, publicado pela Editora Betânia em 1998, aponta que os dez maiores assassinos seriais dos EUA eram homossexuais.
Ativistas gays que defendem o sexo entre homossexuais adultos e meninos não estão sendo alvos de nenhum tipo de investigação do governo, que ainda os brinda com o programa "Escola Sem Homofobia", que garante que a influência homossexual não fique limitada apenas às crianças adotadas por duplas gays. Com a interferência pró-homossexualismo do governo nas escolas, todas as crianças serão afetadas, quer seus pais aceitem ou não. A única resposta que os pais poderão dar é "sim". Qualquer outra resposta será considerada "homofóbica".
A mera presença oficial de Luiz Mott no Conselho Nacional de Combate à Discriminação expõe a tendenciosidade do governo. A tirania de Mott ficou conhecida em 2001 quando ele ordenou que uma igreja batista de Campinas removesse de seu site uma pregação, de autoria do próprio pastor da igreja, contra o homossexualismo. A igreja prontamente obedeceu. Aos que não obedecem, Mott manifesta seus chiliques. Em 2008, ele postou em seu site pessoal os nomes e endereços de alguns cristãos - inclusive Julio Severo - que lutam contra a agenda gay.
Com ou sem a aprovação do PLC 122 neste final de ano, os ativistas gays estão felicíssimos com todos os presentes do presidente Lula, que tem sido muito mais do que um tio generoso para o movimento homossexual. Ele na verdade conquistou a posição de Papai Noel dos gays.
Em seus oito anos de governo, Lula garantiu "avanços" decisivos, espetaculares e inimagináveis para a agenda gay, merecendo o prêmio do "Oscar Gay" e tendo motivos de sobra para cacarejar pelo resto da vida.

Fonte:Blog Julio Severo

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Cabral: Quem não teve 'namoradinha' que já fez aborto?

Em São Paulo
  • Sérgio Cabral, governador do Rio de Janeiro, fez afirmação polêmica sobre aborto
    Sérgio Cabral, governador do Rio de Janeiro, fez afirmação polêmica sobre aborto
O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral (PMDB), fez um comentário polêmico hoje ao falar sobre o aborto a empresários em São Paulo. Ele questionou os presentes sobre quem já teria recorrido ao procedimento por conta de uma gravidez indesejada de uma namorada. "Quem aqui não teve uma namoradinha que teve de abortar?", perguntou Cabral, ressaltando, em seguida, que esse não era o caso dele. "Fiz vasectomia e sou muito bem casado", disse, durante o Exame Fórum - Rio de Janeiro - Oportunidades de Investimentos e Negócios.
"Me refiro a diversas pessoas que tiveram namoradas que engravidaram e que foram abortar em clínicas clandestinas", afirmou o peemedebista, ao ser questionado por jornalistas. "Isso é a vida como ela é. Só que o sujeito que é de classe média alta tem uma clínica de aborto clandestina em melhores situações, mas mesmo essa não passa por nenhum controle de vigilância sanitária, médica. As autoridades médicas não têm no seu prontuário: 'Fui visitar a clínica de aborto da Rua Dona Mariana, por exemplo'", afirmou.
"O que eu quero dizer é que há uma hipocrisia no Brasil. Esse tema foi muito mal discutido na campanha eleitoral. As pessoas já conhecem minha opinião", afirmou ele, para então repetir o discurso da presidente eleita, Dilma Rousseff, sobre o aborto durante a campanha eleitoral.
"Ninguém é a favor do aborto. Você é a favor do direito da mulher recorrer no serviço público de saúde a uma interrupção de gravidez. Imagina, quem é a favor do aborto? Ninguém é a favor do aborto, não imagino que tenha uma mulher e um homem no mundo favorável ao aborto", afirmou. "Mas uma coisa é uma mulher, por alguma necessidade, física ou psicológica, psiquiátrica, orgânica, desejar interromper uma gravidez."

Legislação

Cabral disse ser favorável a uma revisão na legislação para ampliar os casos em que o aborto é permitido. Na avaliação dele, as mulheres precisam ser ouvidas e devem participar ativamente do debate. Pela lei atual, o aborto só pode ser feito por mulheres que engravidaram por meio de estupro ou quando a gravidez oferece risco de morte à mãe. "Vamos discutir com a classe médica e as mulheres. Mas tem de ser ampliado. Do jeito que está, está errado, falso, mentiroso, hipócrita. Isso é uma vergonha para o Brasil", avaliou.
O governador do Rio citou exemplos de países em que a religião também possui peso, mas que têm uma legislação mais flexível, como Espanha, Portugal, Itália, França, Estados Unidos e Reino Unido. "Será que esses países gostam menos da vida do que nós? Será que o povo inglês, francês, italiano, português, gosta menos da vida do que o povo brasileiro. Esse é o ponto."
Polêmica
Não é a primeira vez que Cabral entra em polêmica ao falar sobre o tema. Em 2007 ele defendeu a legalização do aborto como uma forma de reduzir a violência. Na época, citou uma pesquisa da década de 1970 que relacionava taxas de natalidade, pobreza e violência.
"Hoje, no Rio, em áreas mais nobres, como na Tijuca, se encontram taxas de natalidade de países civilizados, desenvolvidos, onde as pessoas têm consciência. Infelizmente, nas comunidades mais carentes daqui, as mulheres não têm orientação do governo sobre planejamento familiar e têm taxas equivalentes aos países mais atrasados da África. Tem tudo a ver com violência. Isso é uma fábrica de produzir marginal", declarou, na época.

Fonte: Site UOL

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Mais um mártir do Cristianismo moderno

Pastor no oeste da África é martirizado
Michel Loua e família
ÁFRICA - O pastor Michel Loua, 47, nascido em Jacksonville, Texa, foi executado no domingo à noite, 14 de novembro em uma prisão em Guiné, oeste da África. Líderes da igreja chamam sua morte de mártir moderno nesse país de predominância islâmica (85%).

Um novo mártir 

De acordo com o artigo de Charles Johnson no jornal Gilmer Mirror, Michel e sua família vieram dos Estados Unidos há quatro anos para participar de um seminário em preparação de evangelizar sua terra natal.

Johnson diz que Michel era graduado em Seminário Teológico na Associação Missionária Batista (tradução livre, AMB) em Jacksonville. Ele foi o primeiro a conseguir tal nível de escolaridade em teologia em Guiné.

Michel fez pelo menos quatro viagens de volta à Guiné para verificar as condições da igreja e fazer as preparações para retornar à terra natal com sua família.

Em uma dessas viagens, ele construiu uma casa com quartos para hospedar e ensinar obreiros locais no trabalho de divulgação.

Johnson relata que o pastor não era um estranho no distrito de Upshur. Ele e sua família ingressaram na Igreja Batista Rosewood em dezembro de 2008 onde pregou várias vezes e contribuiu para um avivamento no início de 2008.

O cristão voltou à Guiné pela última vez em junho desse ano. Aparentemente se envolveu na campanha das eleições presidenciais que aconteceriam uma semana antes de sua execução. Havia várias lutas, especialmente entre grupos islâmicos e cristãos. Ele ficou preso por três semanas na prisão da capital da Guiné.

Johnson cita, pelo menos, duas notícias do serviço africano que afirmam que o presidente da Guiné enviou soldados à prisão para oferecer Michel Loua como um sacrifício humano e reforçar a liderança do presidente.

Ele escreve que segundo a crença muçulmana do país, era necessário matar um infiel (não muçulmano) para garantir o sucesso da nova liderança. Michel foi torturado, baleado no coração e seu corpo mutilado.

Johnson acrescenta que Michel nasceu e foi criado como muçulmano. Ele se converteu a Cristo aos 22 anos. Depois de aceitar Jesus Cristo como seu Salvador, enfrentou perseguição imediata de sua própria família. Sua cabeça tinha uma cicatriz profunda de um apedrejamento inicial de parentes depois de sua conversão. Houve inúmeras ameaças de morte ao pastor desde 1985.

Foi fundamental Michel ter iniciado a evangelização de muçulmanos na Guiné para ajudar a estabelecer pelo menos uma dezena de igrejas em seu país. Mesmo antes de possuir uma Bíblia, ele levou concidadãos para Cristo usando versos do Corão, que falava de Jesus.

A família 

Os sobreviventes da família Loua incluem sua esposa Elisabeth, com quem era casado há 15 anos, um filho, Joal, 14, duas filhas: Débora, 12, e Maria, de 4 anos. Elisabeth também está esperando o nascimento de seu quarto filho em cerca de três semanas que deve ser chamar Michel.

Um culto em memoria de Michel Loua foi realizado terça-feira, 23 de novembro, na Igreja Batista Woodland Heights em Jacksonville, onde várias pessoas da região estavam presentes. Pelo menos dois fundos foram criados para ajudar a ajudar a família Loua.

Tradução: Yara Ferreira

Via: Missão Portas Abertas
Fonte: ASSIST - News Service

Banalização da Vida

Comissão da Câmara aprova interrupção de tratamento de pacientes terminais

Publicação: 09/12/2010 08:23 Atualização:

Outro passo foi dado para reduzir a polêmica que envolve a prática da ortotanásia. Ontem, a Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados aprovou a suspensão ou limitação de tratamentos que prorrogam a vida de pacientes terminais. Na semana passada, a Justiça Federal tomou a mesma medida, dando segurança aos médicos que optarem pelo procedimento mediante a autorização do paciente ou de um responsável.

A adoção da ortotanásia faz parte de uma resolução do Conselho Federal de Medicina publicada em 2006. O Ministério Público, no entanto, entrou com uma ação contra a norma e, por meio de liminar, suspendeu a prática. A liminar foi revogada no início deste mês.

A proposta aprovada pela comissão da Câmara é um substitutivo ao Projeto de Lei nº 6715/09 do Senado, que previa apenas a descriminalização da prática. No substitutivo, há a obrigatoriedade de o médico apresentar a condição do paciente a uma junta médica e a garantia de cuidados especiais para a pessoa que for submetida ao procedimento, como o alívio da dor.

Segundo o texto, o paciente terminal é aquele que tem enfermidade avançada, progressiva e incurável, com prognóstico de morte inevitável e iminente. A proposta ainda precisa ser votada pela Comissão de Constituição e Justiça e pelo plenário da Câmara. Como sofreu alterações na Casa, também tem que retornar ao Senado.
  Publicação: 09/12/2010 08:23 Atualização:

Outro passo foi dado para reduzir a polêmica que envolve a prática da ortotanásia. Ontem, a Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados aprovou a suspensão ou limitação de tratamentos que prorrogam a vida de pacientes terminais. Na semana passada, a Justiça Federal tomou a mesma medida, dando segurança aos médicos que optarem pelo procedimento mediante a autorização do paciente ou de um responsável.

A adoção da ortotanásia faz parte de uma resolução do Conselho Federal de Medicina publicada em 2006. O Ministério Público, no entanto, entrou com uma ação contra a norma e, por meio de liminar, suspendeu a prática. A liminar foi revogada no início deste mês.

A proposta aprovada pela comissão da Câmara é um substitutivo ao Projeto de Lei nº 6715/09 do Senado, que previa apenas a descriminalização da prática. No substitutivo, há a obrigatoriedade de o médico apresentar a condição do paciente a uma junta médica e a garantia de cuidados especiais para a pessoa que for submetida ao procedimento, como o alívio da dor.

Segundo o texto, o paciente terminal é aquele que tem enfermidade avançada, progressiva e incurável, com prognóstico de morte inevitável e iminente. A proposta ainda precisa ser votada pela Comissão de Constituição e Justiça e pelo plenário da Câmara. Como sofreu alterações na Casa, também tem que retornar ao Senado.
Fonte: Correiobrasiliense.com.br

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Comissão da Câmara diz que irá ‘discutir’ em seminário homofobia e liberdade de expressão



Deu no site da Câmara que a Comissão de Legislação Participativa vai promover seminário para discutir “Os Limites entre Liberdade de Expressão, Censura e Homofobia”. O evento será no dia 15 de dezembro, às 14 horas, no plenário 3. O requerimento, apresentado pelo deputado Paulo Pimenta (PT-RS), foi aprovado nesta quarta-feira.
Agora a parte interessante: A comissão vai convidar representantes da Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert), da Rede Globo, da TV Bandeirantes, da Rede TV, da TV Record, do Ministério Público Federal, da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), do Conselho Federal de Psicologia e da Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Travestis e Transexuais (ABLGT). O desembargador do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJRS) Rui Portanova e a desembargadora aposentada do TJRS Maria Berenice Dias farão palestra sobre o tema do seminário.
Tem um cheiro estranho no ar. A parcialidade desse seminário promovido pela comissão da Câmara é vista a quilômetros de distância. Basta olhar a lista dos convidados para perceber o tom da discussão. Representantes da mídia, MPF (lembram das ideias de Deborah Duprat, enquanto Procuradora-Geral interina?), OAB, Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (aquela do PNDH 3), FENAJ, Conselho Federal de Psicologia (que mandou Rosângela Justino parar de tratar homossexuais), ABLGT (sem comentários) e, para finalizar, Maria Berenice Dias (a madrinha do movimento).
Ou seja, é mais fácil que haja um monólogo ao invés de debate. Tá tudo dominado!
Fonte: comoviveremos.com

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Família sob ataque MEC distribuirá Kit gay em escolas públicas

Família sob ataque

MEC distribuirá Kit gay em escolas públicas

A doutrinação do movimento homossexual está chegando a níveis assustadores. Não bastasse a tentativa de criminalizar toda e qualquer opinião contra o comportamento homossexual (conforme PLC 122), matéria do Correio Braziliense [1] divulgou há poucos dias informações sobre um convênio firmado entre o Ministério da Educação (MEC), com recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), e a ONG Comunicação em Sexualidade (Ecos) que visa produzir kits de material "educativo" composto de vídeos, boletins e cartilhas com a abordagem do universo de adolescente homossexuais que será distribuída para 6 mil escolas da rede pública de todo o país.
Conforme a matéria, parte do que se pretende apresentar nas escolas foi exibida em audiência na Comissão de Legislação Participativa, na Câmara. No vídeo intitulado Encontrando Bianca, um adolescente de aproximadamente 15 anos se apresenta como José Ricardo, nome dado pelo pai, que era fã de futebol. O garoto do filme, no entanto, aparece caracterizado como uma menina, como um exemplo de um travesti jovem. Em seu relato, o garoto conta que gosta de ser chamado de Bianca, pois é nome de sua atriz preferida e reclama que os professores insistem em chamá-lo de José Ricardo na hora da chamada.
O texto explica ainda que o jovem travesti do filme aponta um dilema no momento de escolher o banheiro feminino em vez do masculino e simula flerte com um colega do sexo masculino ao dizer que superou o bullying causado pelo comportamento homofóbico na escola. Na versão feminina da peça audiovisual, o material educativo anti-homofobia mostra duas meninas namorando. 
O material produzido ainda não foi replicado pelo MEC. A licitação para produzir kit para as 6 mil escolas pode ocorrer ainda este ano, mas a previsão de as peças serem distribuídas em 2010 foi interrompida pelo calor do debate presidencial.
Caros leitores, a tendência de doutrinação do movimento homossexual tem mostrado sua força, principalmente no âmbito legislativo; com propostas que provocam verdadeiro ataque à instituição familiar.
Sob o pretexto de acabar com o preconceito e com a homofobia, a proposta em questão tenta inculcar nos jovens e adolescentes a normalidade da homossexualidade, na medida em que os instiga a esse tipo de comportamento.
Além da oração, cabe aos cristãos a manifestação contrária a esse tipo de proposta legislativa que é um verdadeiro ataque à família.

Fonte.CPAD News

Pulseiras coloridas ou pulseiras do sexo, ALERTA AOS PAIS


Filed under: Notícias — Tags:, , — admin @ 19:54

pulseiras-do-sexo-230x150 À primeira vista, uma colorida pulseira de plástico nos pulsos de crianças parece inocente.
Mas na realidade elas são um código para as suas experiências sexuais, onde cada cor significa um grau de intimidade, desde um abraço até ao sexo propriamente dito.
Poderia confundir-se com mais uma daquelas modas que pega, uma vez que é usado por milhares em várias escolas primárias e preparatórias no Reino Unido e custam apenas uns centavos em qualquer banca ao virar da esquina.
Mas as diferentes cores das ditas pulseiras de plástico – preto, azul, vermelho, cor-de-rosa, roxo, laranja, amarelo, verde e dourado – mostra até que ponto os jovens estão dispostos a ir, se proporcionar, desde dar um beijo até fazer sexo.

Andam uns atrás dos outros nos recreios das escolas, na tentativa de rebentar uma das pulseiras. Quem a usava terá de “oferecer” o ato físico a que corresponde à cor. É o “último grito” do comportamento promíscuo que sugere, cada vez mais, que a inocência da infância pertence a um passado distante.
Quase tão chocante como as “festas arco-íris” – encontros com muito álcool e droga à mistura, em que as meninas usam batons de cores diferentes para deixar a “marca” nos rapazes após o sexo oral -, as “pulseiras do sexo”, que custam apenas um euro (um pacote com várias), têm um custo maior que foge ao alcance de muitos pais.
Significado das cores:
» Amarela – é a melhor porque significa das um abraço no rapaz;
» Laranja – significa uma “dentadinha do amor”;
» Roxa – já dá direito a um beijo com língua;
» Cor-de-rosa – a menina tem de lhe mostrar o peito;
» Vermelha – tem de lhe fazer uma lap dance (dança erótica);
» Azul – fazer sexo oral praticado pela menina (“boquete”);
» Verdes – são as dos chupões no pescoço;
» Preta – significa fazer sexo com o rapaz que arrebentar a pulseira;
» Dourada – fazer todos citados acima ou sexo oral simultâneo (“meia-nove”);
» Listrada– sexo na posição “frango assado”;
» Grená – Sexo anal sem lubrificante;
» Transparente – sexo com parentes consanguíneos;
» Marrom – exo escatológico (“brown shower”);

Símbolo de respeito
Como quase em tudo nestas idades, existe um estigma por detrás das pulseiras: quem não as usar é excluído e quem usar as cores preto e dourado é mais respeitado. “No meu grupo da escola, a líder – que serve de exemplo para todos – só usa pulseiras pretas e douradas. Todos os rapazes da minha turma usam pretas e se uma rapariga também usa, eles gostam todos dela”, conta a criança de 12 anos.
Shannel Johnson, de 32 anos, descobriu através da filha, de oito, o significado das pulseiras e admitiu ao The Sun que nunca suspeitaria do código subjacente. Quando a filha Harleigh lhe disse que se alguma rebentasse, tinha de fazer um “bebe com um rapaz”, Shannel teve uma conversa com a filha, chamando-a à realidade.
Esta mãe, preocupada, começou a pesquisar na Internet e descobriu sites onde se vendiam as pulseiras, grupos no Facebook e fóruns de menores a discutir quem usava que cores. Enquanto alguns pais já confiscaram as pulseiras, muitos continuam na ignorância do significado destes acessórios aparentemente da moda.

Preste muita atenção, estas pulseiras já chegaram ao Brasil!

Atualizado: 6 de novembro
Recebi muitos comentários dizendo que este post é mentira, mas não é! O problema é que essa moda se espelhou muito rapidamente no Brasil, mais rápido do que a notícia.
Artigo GazetaOnline 10/11/09Pulseiras do sexo: uma mania adolescente
Nota site Acores:
Foi o jornal Inglês The Sun  que trouxe o assunto para a discussão ao publicar um artigo em que afirmava que nas escolas inglesas os adolescente usam pulseiras coloridas para trocar entre si mensagens de teor sexual.
Essas pulseiras que foram muito usadas nos anos 80, feitas à base de silicone, custam apenas uns cêntimos e existem em variadas cores.
Segundo o jornal inglês, os adolescentes teriam então  inventado vários jogos com as respectivas pulseiras, cujo objectivo é sempre o mesmo: ao rebentar uma pulseira duma determinada cor, o rapaz terá direito a reclamar o comportamento sexual da menina, que pode ir desde um abraço ou beijo até a uma relação sexual.
Note-se que não se trata de nenhum tipo de violência, mas de um jogo que é aceito por ambas as partes. Este aspecto é muito importante e confundiu por completo os adultos, pois que para além do jogo em si, muitas adolescentes usam as ditas pulseiras apenas como objectos decorativos.


Fonte: maqgoo.com

Kaká sai da Renascer

Motivos pessoais'

Kaká sai da Renascer

04/12/10 23:34
atualizado em 04/12/2010 22:35

Craque do Real Madrid e a esposa não são mais fiéis da igreja do casal Hernandes
Kaká e sua mulher, Caroline Celico, romperam com a Igreja Renascer. Ontem, a igreja confirmou o desligamento do casal, mas não apontou o motivo. Segundo a revista Veja, que traz entrevista com Carol na edição desta semana, a ruptura aconteceu em agosto.
"O meu tempo na Igreja Renascer acabou. O que eu posso afirmar é que, hoje, minha busca constante é somente por Deus", diz Carol à revista, minimizando os motivos da saída: "Não vou fazer nenhum comentário. Cada um tem o seu ponto de vista sobre inúmeros assuntos".
A Veja também diz que a própria igreja confirma que Kaká ligou para o bispo Estevam Hernandes, fundador da Renascer ao lado da mulher, a bispa Sonia, comunicando a decisão "por motivos pessoais". A revista traz algumas suposições para o afastamento. Uma delas é que Carol "não concordava com os assuntos administrativos da Igreja".
Em agosto deste ano, parte do teto da sede da Renascer em São Paulo desabou. Kaká teria consultado um perito e constatado a negligência. Antes, em janeiro de 2009, o teto de outro templo deixou nove mortos e 106 feridos.
Outra versão é que Kaká e a mulher se decepcionaram com informações sobre os rumos do dinheiro arrecadado. Em 2009, segundo dados da Veja, o craque do Real Madrid teria contribuído com 1,4 milhão de dólares (o equivalente a R$ 2,36 milhões) em dízimos. A última hipótese levantada pela revista seria um desentendimento entre Carol e Fernanda, filha dos Hernandes.
Ainda à Veja, Carol disse que, no momento, não frequenta igreja alguma, e revelou um pouco de sua rotina em Madri, onde vive com o marido e o filho, Luca, de 2 anos: "Às vezes, vou a um estúdio para estudar canto, faço ginástica e amo cozinhar".
Mais de 2 milhões em dízimo
Kaká sempre foi um defensor da contribuição mensal à igreja. Em 2009, segundo dados da Veja, o craque do Real Madrid teria contribuído com 1,4 milhão de dólares (o equivalente a R$ 2,36 milhões) em dízimos para a igreja.
O novelista da Rede Globo Aguinaldo Silva comentou no Twitter a saída de Kaká e Caroline Celico da Igreja Renascer e foi irônico ao comentar exatamente a parte financeira. "Gente, o Kaká ‘sartou' fora da Igreja Renascer! Demorou, mas parece que caiu a ficha no cofrinho do rapaz. Que prejuízo pros bispos, né não?", escreveu o autor.
Fonte: Meia Hora Online

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Ateus querem proibir crianças e adolescentes de ler a Bíblia

O jornal suiço Aargauer  Zeitung, no artigo intitulado  ”Um novo ataque contra a  Igreja”, disse que o  movimento  ateísta Freethinkers  [Pensadores livres] alega  que a Bíblia relata muitas  cenas “cruéis” e  ”pornográficsas”, e por isso  exigem a proibição da Bíblia para crianças e adolescentes na Suíça.
O líder do Freethinkers, Reta Kaspar, exigiu a proibição do acesso fácil à Bíblia para crianças até que elas completem 16 anos. “A Bíblia não oferece respostas para os problemas atuais e vitais que enfrentamos diariamente”, insistiu o “pensador livre “. Gaspar disse que a Igreja insiste numa fraude quando propõe às crianças lerem a Bíblia depois de uma censura prévia de alguns textos bíblicos, deixando apenas coisas bonitas e inofensivas.
Walter Müller, porta-voz da Conferência Episcopal Suíça (CES), respondeu às críticas dos ateus, observando que estudiosos contemporâneos são capazes de classificar de forma independente os textos bíblicos, sob o ponto de vista religioso e histórico. O porta-voz dos bispos suíços acrescentou ainda que a sociedade deve ser tolerante com adversários da Igreja, como grupos ateus, pois eles não podem ser excluídos do espaço público.
Contudo, na última década, a religiosidade na Suíça  teve mudanças significativas: as duas principais confissões, católicos e protestantes, mostram uma diminuição de seus fiéis. Em contraste com essa baixa de fiéis, o último censo mostrou um aumento de 11% das pessoas que declararam não pertencer a nenhuma igreja ou religião.
De acordo com especialistas, esse número não reflete necessariamente uma convicção anti-religiosa na Suíça. Muitos dos que dizem não professar nenhuma religião fazem isso para fugir do imposto eclesiástico vigente no país.

Via: Pavablog
Fonte: Cristianos.com


Via: www.guiame.com.br

IGREJAS NA CHINA SÃO PERSEGUIDAS

Na China, enquanto as igrejas não registradas são perseguidas pelo governo, as igrejas oficiais, registradas legalmente, também não podem operar normalmente se estiverem fora do controle das autoridades.
Um cristão chinês contou recentemente sobre as dificuldades que sua igreja experimentou no ano passado. O seguinte relatório é de São Francisco por CK, repórter especial da Rádio China Livre (tradução livre).
Zheng Leguo é membro do conselho da Igreja Cristã de Baixiang (tradução livre) na cidade de Leqing, província de Zhejiang. Ela é oficialmente registrada no governo local, e o conselho, com mais de 700 de líderes e a congregação foram escolhidos numa eleição onde cada pessoa corresponde a um voto.
Esta eleição independente apoiada pela igreja é o ponto crucial do problema, porque não tê-la resulta em candidatos designados pelo Departamento Local de Relações Religiosas (tradução livre) vencendo qualquer posição principal no conselho.
Consequentemente, a Igreja de Baixiang experimentou um desastre após o outro nos anos seguintes a eleição, estando sob a ameaça de ataques violentos, e incapaz de ter um único domingo de serviço normal de pacífico.
Zheng recontou o conflito de um domingo entre os membros da igreja e arruaceiros instigados pelo Departamento de Relações Religiosas e o Departamento de Segurança Pública: “Quando pregávamos o sermão, foi acionado o volume do sistema de áudio o que tornou impossível a nós concluir o sermão. Quatro deles cercaram meu cunhado que sabia como consertar o sistema de áudio, e espancaram-no. Colocaram a culpa nele, alegando que havia lesado-os. Como resultado, meu cunhado foi sentenciado a oito meses de prisão”.
Zheng apela para que o governo chinês respeite a escolha democrática da congregação e acrescenta que “não penso que a igreja deveria ser vista como uma força hostil. Semelhante aspecto, afeta o relacionamento (do governo) com a religião e afeta o relacionamento em geral entre a igreja e o estado”.
Tradução: Tatiane Lima
Fonte: China Aid Association/www.portasabertas.org.br

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Convenção Regional







Aconteceu entre os dias 19 a 21 do mês em curso a Convenção Regional da Igreja Casa da Benção em Barra do Garças/MT, o evento contou com participação de diversas caravanas das Igrejas Casas da Bênção da região do Vale do Araguaia; a Convenção teve como  preletores o Pr Joaquim, Pra Irelina, Pr Osmar Gomes, Missionário Antônio Soares e Pr Guimarães, todos foram poderosamente usados por Deus. Tivemos ainda a participação de diversos cantores da região, destacamos a presença da cantora Yone Alves e também foi realizado o lançamento do CD do Missionário Antônio Soares, nosso Superintedente Regional.Esta foi uma convenção marcada pelo sobrenatural de Deus, foi demais, vários sinais da presença de Deus, entre os quais vale ressaltar a salvação de mais de 10(dez) almas que se renderam aos pés de Jesus, confessando-O como único e suficiente Salvador das suas vidas.

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Culto de Ação de Graças - Aniversário do Pr Guimarães









Aconteceu na Igreja Casa da Bênção do B. Anchieta um culto especial de ação de graças pelo aniversário do Pr Guimarães. O culto foi marcado pela abudante graça de Deus e alegria contagiante  sobre a vida de todos os presentes; a celebração foi conduzida pela Pra Sandra, onde foi apresentado vários louvores a Deus, muitas orações e foram feitas várias homenagens ao pastor Guimarães por parte dos membros da igreja. Os membros da igreja comparecem em massa, além de diversos amigos e pastores da igreja Casa da Bênção da região que também marcaram presença.Ao final do culto foi servido um delicioso coquitel a todos os presentes.