Marcadores

quinta-feira, 13 de março de 2014

A MORTE DO REI UZIAS E OS PROPÓSITOS DE DEUS





Base Biblica: Is. 6.1-6

O texto mostra o momento em que Deus revela-se a Isaias, bem como, confirma o seu chamado profético. Tal fato coincide justamente com a morte do rei Uzias, parente próximo de Isaias. Sabemos que Isaias é um dos poucos profetas de origem palaciana. Possivelmente nutria por Uzias grande afeto e confiança, tanto que neste momento estava no Templo lamentando a morte do seu rei. Neste artigo não aprofundaremos sobre a vida ou morte de Uzias, mas como até na morte Deus trabalha em favor dos seus servos. Não afirmo com isto que Deus tenha prazer na morte de quem quer que seja, mas apenas afirmo que até mesmo nas situações trágicas da vida, Deus pode trabalhar para nos ensinar algo ou nos moldar para o seu propósito eterno.
Senão vejamos:

1.Deus usa as perdas para nos aproximarmos Dele.

Ora, é notável que o ser humano em momentos de bonança dificilmente caminha em direção à Deus, mas o que a história revela é que em momentos de apogeu a tendência natural do ser humano é buscar independência e afastamento em relação ao Criador. Em regra, nos momentos difíceis da vida, até mesmo trágicos, somos mais inclinados a ouvir a voz de Deus. Lembro me de um ex piloto de Formula 1, conhecido por suas declarações sarcáticas e ateu confesso, afirmar que no momento em que bateu o seu carro a mais de trezentos quilômetros por hora, a única coisa que se lembrou foi de pedir socorro a Deus.Logo, as dificuldades podem ser usadas para nos aproximar deDeus.
Se fizéssemos um levantamento rápido em meio aos Cristãos, perceberíamos que a maioria aproximaram-se do Senhor justamente num momento de dificuldade.
Portanto, em relação ao profeta Isaias o raciocínio é o mesmo. Foi justamente num momento de tragédia que ele teve, quem sabe, a sua maior experiência com Deus. A confirmação do seu chamado profético. Teve visão do trono, anjos e fogo de glória! Aleluia!

2.Deus remove o menor para que o maior venha.

É isso mesmo, as vezes em nossas vidas Deus precisa remover algo que impede a concretização do seu plano em nós. Podemos ver isto em Isaias, enquanto Uzias era vivo, ele até profetizou, mas em um nível bem inferior, ao seu ministério posteriormente a morte de Uzias. De acordo com os estudiosos, o ministério de Isaias é bem definido, antes e depois de Uzias, interessante não! Parece-me que Isaias estava muito atrelado à pessoa do rei. Afinal um parente importante trás conforto, segurança e até um certo orgulho .Muitas vezes nos apegamos em coisas ou pessoas que nos impede de viver a manifestação plena de Deus em nós. Há coisas que rivalizam com o Senhor, impedem o seu mover. Vejo muitas vezes pessoas com uma chamada poderosa em Deus, mas que deixam os projetos pessoais falar mais alto. Dão ênfase ao trabalho, estudo, pessoas etc. E acabam deixando Deus em segundo plano.

3. Deus não age por capricho.

Deus nunca vai tirar algo de nós por mero capricho. Mas sim, porque tem projetos superiores para nós. Creia se Deus tirou algo de você Ele vai se encarregar de suprir esta falta com algo maior e melhor para sua vida. Reflito sobre a chamada do jovem rico, a Bíblia diz que o Senhor Jesus o amou. Tinha um projeto lindo para sua vida, certamente figuraria entre os Apóstolos que escreveram a historia do Cristianismo. Mas o mesmo não aceitou, preferiu ficar com as suas riquezas a servir o mestre. Lamentável. A sua história terminou ali! Pense nisso, se Deus está removendo algo da sua vida aceite com alegria pois irá substituir com algo maravilhoso. Assim foi com o profeta Isaias, Deus tira o rei Uzias para que o profeta realmente possa viver o sobrenatural de Deus.

4.Às vezes é necessário que o rei morra.

Por fim, encerro esta reflexão afirmando categoricamente que às vezes é necessário que o rei morra. Como assim pastor?Você pode estar se perguntando! Veja bem, rei é tudo aquilo que controla, exerce domínio sobre as pessoas. O que pode ser uma falha no caráter, uma descontrole emocional, orgulho, justiça própria, até mesmo questão de vícios, pecados ocultos etc. Sabemos que na maioria das vezes o que está por trás é até mesmo uma potestade, um principado que controla e domina a pessoa tirando a oportunidade de viver o melhor de Deus.
Qual é o rei que ainda vive em você, se houver quaisquer outro que não seja o Rei dos reis e Senhor dos senhores, Jesus Cristo, é melhor que morra!
Deus te abençõe!




Obs. Mensagem ministrada na ICB Anchieta no Culto de Ensino em 12/03/2014.


9 comentários:

  1. fica bem claro no texto biblico que o profeta Isaias viu a glória do Senhor no ano da morte do rei Uzias. Mas não tem como afirmar se foi antes ou depois da morte do rei.

    ResponderExcluir
  2. Muito forte essa palavras. Nós temos o rei que está dentro de nós, mensagem poderosíssima

    ResponderExcluir
  3. Querido : "É alegria para o Senhor a morte de SEUS santos"

    ResponderExcluir
  4. Querido : "É alegria para o Senhor a morte de SEUS santos"

    ResponderExcluir